31.7.08

Que bom que fui pra São Paulo! No dia do aniversário duplo, fiquei surpresa ao ver velinhas para mim também no bolo que o Morena fez, não joguei Wii porque fiquei com vergonha, saímos para o The Wall onde bebi chopp de graça, me diverti bastante. Dia seguinte no Ibirapuera, vimos a exposição do Duchamp e ficamos por lá até dar a hora de ver Batman. Sim, o Coringa ruleia total, mas o Duas Caras também ficou muito bom, apesar de aparecer muito pouco. O Coringa não pode vencer? Ele venceu, Batman! Yey! Depois um dia inteiro de preguiça gostosa e volta pro Rio no seguinte. Daí passei o resto da semana tentando inventar lugar para passear e nem fui pro Museu. Vi o jogo do Vasco (?!) pela TV, me decepcionei com a Pizzaria Guanabara e curti bem as novas amizades, passear na feira dos Paraíbas e ser intrometida! Toda a semana foi maravilhosa e os dias de preocupação no hospital, esperando meu pai ter alta, de repente pareceram muito distantes. Não reclamei a semana toda, dá para acreditar? Me sentindo muito feliz da vida, como há muito tempo não me sentia.

Mas agora... a notícia pedrada do dia! Éder está desaparecido. Sumiu, do nada, acho que nem em campo estava. Faz um mês que ninguém tem notícia dele. Ele não é disso, tinha compromissos e nunca fica tanto tempo sem ligar para a família. Até a Polícia já foi acionada, extrato da conta do banco investigada para saber onde ele está, e nada. Estou bastante preocupada e me sentindo bastante inútil numa situação dessas.


2 comentários:

Deborah Leão disse...

Essa história do Éder está muito preocupante, mesmo. Postei lá no meu blog, estou divulgando no Orkut, mas é difícil pensar no que mais pode ser feito, né?

E o seu pai, ficou tudo bem com ele, mesmo?

Beijos!

Clarice disse...

Apesar dessa coisa toda do Éder, q tb me deixou c/ sentimento de estar de mãos atadas!, é bom te ver feliz desse jeito! E saber q fui abandonada por 15 dias por um booooom motivo.. hehe!
bjins